29 de mar de 2015

Quasares

Quasar 3C273 em luz visível
O objeto mais brilhante do universo. Quasares brilham com uma intensidade de 1.000 grandes galáxias, mas apenas ocupando uma área do tamanho de nosso sistema solar.
Quasares, palavra reduzida de fontes de rádio quase-estelares, foram descobertos no início da década de 1960 pelos astrônomos perplexos  com esses pontos de luz, os quais pareciam como se fosse estrelas normais, mas emitiam ondas de rádio. Quando Maarten Schmidt percebeu que o diferente espectro dos quasares era resultado de um grande desvio para o vermelho, ele usou a lei de Hubble para deduzir a vasta distância desses objetos. Por anos os astrônomos debateram sobre o que poderia produzir tanta energia em tão reduzido volume. Agora, a maioria parece convencida que os quasares estão no centro de jovens galáxias, onde buracos negros supermassivos sugam estrelas 'passageiras' e nuvens de gás. Esses material, então, formam um disco por aposição em torno do buraco negro e esse é aquecido pelo atrito até que comece a emitir luz.


Fonte: Stephen's Hawking Universe - Strange Stuff Explained (BBC/PBS)

0 comentários:

Postar um comentário

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção OpenID;
- Ofensas pessoais, ameaças e outros tipos de insultos não são permitidos;
- Não se preocupe em enviar trackbacks, os backlinks são automáticos.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More