3 de abr de 2015

Universo Ptolomaico

Ptolomeu colocou a Terra no centro do universo,
com a Lua, Mercúrio, Vênus, o sol, Marte,
Júpiter, e Saturno circundando nosso planeta.
Para a maioria dos astrônomos antigos, a predição preciso da posição dos planetas foi equivalente à compreensão do funcionamento do universo. As estrelas longínquas eram meramente uma cortina de fundo para a o local onde a ação planetária ocorria. Ptelomeu, o último dos astrônomos gregos da antiguidade, desenvolveu um sistema efetivo para mapear o universo. Baseando muito de sua teoria em seu predecessor Hipparcos, Ptolomeu designou um modelo geocêntrico, ou centralizado na Terra, modelo mantido por 1.400 anos.
A capacidade de Ptolomeu de colocar a Terra no centro do universo e ainda predizier a posição dos planetas adequadamente era uma comprovação de suas habilidades matemáticas. ele ter feito isso enquanto mantinha a crença grega de que os céus eram perfeitos e ainda colocando cada planeta movendo-se em uma órbita circular à velocidades constantes não é nada de pouco relevância.
A maior das dificuldades que ele teve que superar foi a explicação da mudança das velocidades e a ocasional movimentação de leste para oeste, ou retrógrada, dos planetas. Ele resolveu isso colocando cada planeta movendo-se em um pequeno círculo, chamado epiciclo, os quais estavam centralizados viajando em um círculo maior, chamado
Demonstração dos elementos principais do modelo
ptolomaico.
(http://astro.if.ufrgs.br/p1/p1.htm)
deferente, com a Terra em seu centro. 

Apesar desse plano ficou próximo de cumprir tudo que propunha, ele ainda estava insuficiente. Então Ptolomeu fez alguns refinamentos. Primeiro, ele colocou a Terra um pouco distante do centro do deferente (um círculo um pouco descentralizado está próximo de mimetizar uma elipse). E em segundo, ele teve o centro do epiciclo movendo à velocidades angulares constantes em torno de um terceiro ponto, chamado equante, o qual está no lado oposto do centro deferente da Terra. Essas modificações permitiram Ptolomeu predizer as posições dos planetas razoavelmente, rudemente distante da precisão perfeita.



Simulação do movimento retrógrado no sistema geocêntrico.
Web Syllabus, Dept. Physics & Astronomy, University of Tennessee


Fonte: Stephen's Hawking Universe - Strange Stuff Explained (BBC/PBS)

0 comentários:

Postar um comentário

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção OpenID;
- Ofensas pessoais, ameaças e outros tipos de insultos não são permitidos;
- Não se preocupe em enviar trackbacks, os backlinks são automáticos.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More